• Membros
  • Cursos
  • Sobre Certificado
  • Expo-Gbc

GBC Brasil apoia o projeto E-ditando Moda Sustentável durante a Bienal Internacional do Livro

Compartilhe:

Facebook Twitter Google+ LinkedIn Email

Publicada em: 27/07/2018

Organizado pela Casa Ibirapitanga, o E-ditando Moda Sustentável será um espaço de debates, promoção de educação ambiental e conscientização moda, design, economia circular, construção e consumo sustentável

O Green Building Council Brasil (GBC Brasil), entidade que completa 10 anos de atuação em prol às edificações sustentáveis no país, participará da 25ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, entre os dias 03 e 12 de agosto, em apoio ao projeto E-ditando Moda Sustentável.

O projeto, que esta sendo organizado pela Casa Ibirapitanga, será um espaço aberto para as discussões de como a sustentabilidade pode e deve estar presente em nosso dia a dia. O objetivo é promover o debate e a conscientização sobre consumo sustentável, economia circular e a sustentabilidade aplicada na moda e no design e até na construção. Entre os talk shows e oficinas, o E-ditando Moda Sustentável também será palco para o lançamento do Guia de Design Consciente (320 páginas, Editora Trilha Educacional), que conta a história de 53 designers que produzem de forma mais consciente.

Além do apoio institucional, o GBC Brasil participa da montagem do estande sustentável, que será confeccionado 100% com madeira certificada O FSC® (Forest Stewardship Council ou Conselho de Manejo Florestal). A madeira é reutilizada de projetos e exposições realizadas anteriormente pela entidade.

Segundo Felipe Faria, diretor executivo do Green Building Council Brasil (GBC Brasil) e presidente do Comitê dos GBCs das Américas pelo World Green Building Council, a entidade tem acompanhado os avanços do Brasil no que diz respeito à sustentabilidade aplicada às construções e em seu entorno. ?Hoje, as construções verdes são comprovadamente a melhor opção de negócio do mercado imobiliário, trazendo benefícios econômicos como o aumento da velocidade de ocupação, melhora na retenção, valorização e menores custos operacionais, ou seja, diminuição dos riscos do investimento. Além disso, as construções verdes se destacam por aumentar o conforto, proporcionando aumento da saúde e bem estar dos ocupantes?, conta o executivo.

Faria completa: ?o crescimento da construção sustentável é notório. Mais de 1300 projetos registrados, sendo 500 certificados, colocam o Brasil no 4º do ranking em matéria de certificação internacional LEED, presente em 167 países, o que demonstra as vantagens sociais, ambientais e econômicas são efetivas. Agora o movimento migra para o setor residencial, alinhando as melhores opções de edificações, promovendo alto desempenho e qualidade, com construções em conformidade com as normas técnicas, eficiência em todos os sentidos beneficiando na redução dos custos ao ocupante e proporcionando melhora no conforto, saúde e bem estar?.


Local: 25ª BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO

Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1209 )

Data: 03 e 12 de agosto