fbpx

Automatização da ACV de edificações utilizando BIM

Publicado em 16 . 01 . 2019

Julianna Crippa | Univ. Tecno. Fed. do Paraná

Resumo da Palestra 

 

Problemas de interoperabilidade para gerenciamento de dados BIM em análises de sustentabilidade estão ainda presentes nos processos atuais. Visando reduzir quantidade de tempo demandada, esforço e riscos causados por entrada manual de dados BIM em ferramentas de ACV, o estudo tem como objetivo prescrever um artefato (método) para automatizar a integração BIM-ACV que estime os impactos e uso de recursos ambientais provenientes dos materiais de construção e do transporte dos mesmos até o canteiro de obras, de maneira a auxiliar na tomada de decisão durante a fase de concepção do projeto.

Para isso, foram incorporados conceitos e abordagem metodológica da Design Science Research. Para a modelagem BIM, optou-se por utilizar o Autodesk® Revit, enquanto para o desenvolvimento do algoritmo dentro da mesma ferramenta foi utilizado o conceito DesignScript que engloba em um mesmo ambiente ambos os tipos de programação: visual e linguagem de texto. No caso, foi utilizada a expansão do Dynamo e Python. Tratando-se do Sistema de Classificação da Informação da Construção foi aplicada a OmniClass™, a qual está sendo utilizada como base para o desenvolvimento da NBR 15965. A classificação dos elementos foi feita através do aplicativo Classification Manager for Revit, o qual pertence à API Autodesk BIM Interoperability Tools. Os valores de ACV referentes aos impactos ambientais e energia utilizada para fabricação dos materiais foram
programados para serem obtidos utilizando as DAP – Declarações Ambientais de Produto – legíveis por computador. Enquanto, o cálculo de ACV referente ao transporte dos materiais ao local da obra foi baseado no estudo de Tavares (2006). O método proposto foi validado com uma aplicação em um experimento controlado, sendo utilizado dados de literatura
disponíveis. Também, para fins de avaliação desenvolveu-se um estudo empírico de grupo focal do tipo confirmatório. Percebe-se inúmeros benefícios ao utilizar o método proposto, como a possibilidade de inserção no modelo BIM de informações vinculadas a qualquer tipo de banco de dados. Tratando-se exclusivamente da aplicação das DAP legíveis por computador ainda não existe informações suficientes a respeito de todos produtos utilizados no projeto, fazendo necessário utilizar outro banco de dados para realizar de fato uma ACV completa da edificação do berço ao local.

GARANTA SUA VAGA

 

 

 

O que procura?

Seja um membro