fbpx

Conservação de água e uso de fontes alternativas

Publicado em 16 . 01 . 2019

Lilian Sarrouf | SindusCon-SP

 

Resumo da Palestra 

 

A gestão da água integrada com o foco em conservação de água, é composta por uma série de ações que devem ser adotadas na fase projeto e depois mantidas na vida útil da edificação ( operação/manutenção) da edificação. A gestão implica em ações que visam a redução do consumo de água, com base em uma visão de projetos integrados, integrando o projeto de arquitetura, paisagismo, ar condicionado ao projeto de hidráulica predial, identificando o padrão de consumo dos futuros ou atuais usuários da edificação, compreendendo o uso eficiente de água em edifícios, incluindo o uso eficiente de fontes alternativas (potável e não potável) potenciais usos, parâmetros de qualidade de uso não potável.
A norma de conservação de água NBR16.782/19, traz elementos importantes que focam desde do uso de fontes alternativas de água (potáveis e não potáveis), ao uso eficiente da água na edificação.
A norma de fontes alternativas NBR16.783/19, aborda desde a infraestrutura predial adequada para o uso de fontes alternativas a padrões de qualidade para o adoção de fontes alternativas em edificações, assim como critérios para definição dos projetos e para
manutenção/operação.
As normas trazem o conceito de balanço hídrico, indicadores de consumo e estudos de viabilidade, ou seja, estas recomendam que só faz sentido a adoção ações voltadas a conservação de água, se estas tiverem viabilidade econômico e financeira.

 

GARANTA SUA VAGA

 

 

 

O que procura?

Seja um membro