fbpx

Eco Circuito

eduardo@ecocircuito.com.br

11 3382 7067

http://www.ecocircuito.com.br

Descritivo Institucional:

Somos uma empresa comprometida com um mundo mais vivo para as próximas gerações.

Nosso propósito é transformar geradores de lixo em agentes ambientais. Acreditamos que é possível reverter os danos causados à natureza pela gestão incorreta de lixo e planejar um futuro mais vivo, limpo e produtivo. Mas, para isso, sabemos que o engajamento das pessoas e empresas é parte fundamental do processo - e também um enorme desafio.

A população, o volume de resíduos e seus impactos ao meio ambiente e à nossa saúde não param de crescer. Em contrapartida, apenas 3% de todos os resíduos produzidos são reciclados no Brasil, metade de todos os resíduos gerados é resto de comida e mais de 65% dos brasileiros ainda afirmam saber pouco ou nada sobre reciclagem.

Aumento da urbanização e emergência das megacidades, assim como a necessidade de incorporação de infraestrutura moderna, estão entre as macrotendências mundiais para 2030, segundo relatório da FIESP. Cidades inteligentes e a transformação para um mundo mais vivo requer planejamento de novas estruturas, incorporação de novos processos e novas tecnologias. Como membro do Green Building Council Brasil, a Eco Circuito atua em linha com diretrizes de desenvolvimento sustentável, economia circular e aterro zero, trazendo soluções para gestão e destinação de resíduos em edificações de grande porte.

Queremos engajar pessoas e ajudar empresas na eficiência e sustentabilidade do processo de gestão de resíduos. Para isso, propomos uma abordagem que tem como base a união de conhecimento e tecnologia. Esse é o caminho que enxergamos para a evolução de um modelo linear de consumo e descarte, para um modelo circular de reaproveitamento.

Até 2025, nossa meta é desviar dos aterros e lixões o envio de 5% do volume de resíduos de alimentos gerados no município de São Paulo, ou seja, 115 mil toneladas por ano. Com essa capacidade será possível evitar a circulação 40 caminhões de lixo por dia, gerar cerca de 400 mil metros cúbicos de água para reuso e evitar a geração de 500 mil toneladas de CO2 equivalente por ano.

Vídeo:

PRODUTOS (ACV OU DAP)

Assessoria em Gestão de Resíduos

Processo totalmente personalizado, que tem como ponto de partida um diagnóstico sobre o contexto de geração de resíduos na empresa: mapeamento das fontes de geração de resíduos, bem como dos fluxos internos e externos para acondicionamento e destinação, complementado por um estudo de gravimetria. Os passos seguintes são a identificação de alternativas para uma gestão mais sustentável, a implementação das soluções e o monitoramento constante do processo, com foco em melhoria contínua.

Biodigestor LFC

O Biodigestor LFC é a solução mais prática e eficiente para descarte de resíduos de alimentos em cozinhas profissionais e grandes geradores de resíduos orgânicos. Compacto e 100% natural, transforma resíduos alimentares em efluente, que pode ser descartado diretamente no sistema de esgoto, ou tratado para gerar água de reuso. A tecnologia elimina o uso de aterros e traz benefícios operacionais e financeiros tanto para a empresa quanto para o meio ambiente.

CASE DE SUCESSO

Edifício Pátio Victor Malzoni gera 4 mil litros de água de reuso por mês com biodigestor

O Pátio Victor Malzoni, referência no Brasil pelas iniciativas ambientalmente responsáveis, foi o primeiro edifício comercial do país a utilizar a tecnologia do Biodigestor LFC para a destinação sustentável de resíduos de alimentos gerados pelos estabelecimentos alocados no prédio.

Instalado na Central de Gerenciamento de Resíduos (CGR) desde Junho de 2017, o equipamento produz 4 mil litros de água de reuso por mês – ou seja, para cada quilo de resíduo de alimento são produzidos cerca de 2,5 litros de efluente, direcionado à estação de tratamento de esgoto local do prédio. Lá, o efluente é transformado em água para alimentar o sistema interno do edifício.

Ao todo, desde a implantação do Biodigestor LFC, mais de 100 mil litros de água de reuso foram geradas no local, contribuindo para o consumo de água em ciclo fechado em atividades como irrigação de áreas verdes, abastecimento dos espelhos d’água, sanitários, dentre outras.

Por meio de um processo natural, com uso de água e microrganismos como agentes transformadores, a biodigestão, complementada com tecnologia criada no Vale do Silício (EUA), simplifica a operação uma vez que viabiliza a descarga automática dos materiais e digitaliza essas informações em tempo real. O resultado é uma maior taxa de desvio de aterros para os resíduos gerados pelos quatro restaurantes do edifício.

Os benefícios alcançados pelo processo reforçam o compromisso do projeto EcoMalzoni em ampliar as práticas sustentáveis do empreendimento e difundir ações ambientalmente responsáveis, postura reconhecida por diversos prêmios nas categorias Responsabilidade Social e Sustentabilidade.

“O primeiro benefício do biodigestor é minimizar, cada vez mais, o uso do aterro sanitário, objetivo que está em acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos e os ODS’s, os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável. E como é um processo natural de decomposição, o custo operacional é muito baixo, pois o consumo de energia é de até 85% menor em comparação com as composteiras elétricas”, explica Eduardo Prates, diretor executivo da Eco Circuito, representante da tecnologia no Brasil.

Clique aqui e saiba mais sobre o Biodigestor LFC

Sobre o Edifício Pátio Victor Malzoni

Localizado no nº 3.477 da avenida Brigadeiro Faria Lima, o Pátio Victor Malzoni se tornou um verdadeiro símbolo não apenas da região da Nova Faria Lima – conhecida pela presença de modernos edifícios corporativos – mas de toda a cidade de São Paulo. Com projeto de Botti Rubin Arquitetos, o edifício está construído em um terreno de 20 mil metros quadrados, e possui uma arquitetura única, que combina a modernidade de vidros semirefletivos com as paredes de taipa de pilão restauradas da Casa Bandeirista.  O prédio oferece áreas de convivência para o público externo e interno e tem a maior laje corporativa da América Latina com 5,000m², que fica sobre um vão de 45 metros, emoldurando e destacando a construção do século 18, mais uma característica única ao Pátio.

Considerado também um edifício verde, além de seu projeto de Eficiência Energética, que lhe dá praticamente autossuficiência elétrica e hídrica, realizou ainda a primeira horta subterrânea do país e faz a gestão dos resíduos produzidos pelo condomínio de maneira sustentável. Além disso, oferece para os condôminos diversas facilidades como engraxataria, máquina de flores, lavagem automotiva ecológica e lavanderia de roupas por aplicativo, além de incentivos como dois bicicletários com oficina dedicada e vestiários equipados.

O que procura?

Seja um membro