fbpx

Novos Comportamentos

Publicado em 06 . 05 . 2020

Em função dos acontecimentos deste inicio de 2020 fomos levados a refletir sobre uma infinidade de certezas e modos de viver. Pessoalmente entendo que comportamentos individualistas serão um desastre em todas as esferas da vida humana e por esta razão decidi iniciar uma série de publicações com minha visão sobre como superar a fase que está terminando e sobre a nova era que se impõem.

No campo corporativo por exemplo, entendo que grandes corporações que não irrigarem financeiramente sua rede de suporte sairão muito machucadas tendendo ao colapso, ou seja se não captarem até por instinto de sobrevivência que sua relação com todos os colaboradores internos e externos é vital para a continuidade de seus negócios e que sem manter a capilaridade financeira esta rede será quebrada de forma a colapsar seus interesses. Esta é a hora destas corporações reverem seus investimentos e criarem modelos de repasse monetário para que todo o negócio se mantenha vivo. E assim toda a rede abaixo destas corporações tem de agir de forma similar , até que esta capilaridade chegue aos colaboradores na ponta e colaboradores mais humildes.

Entendo a cadeia acima descrita como um novo comportamento coletivo aonde interesses individuais devem ser postos de lado para que o negócio se mantenha saudável, e que se de tempo para que novos modelos surjam e sejam aplicados.  Como exemplo deste comportamento , se o modelo de negócio baseia-se em redes de franquias , estes franqueados deverão receber formas de investimentos que os permitam manter-se ativos e saudáveis durante este período desaquecido de tal maneira que no retorno do aquecimento estejam preparados para manter a rede viva e competitiva, caso estes franqueados percam sua capacidade de movimentar o negócio o período de retomada para a corporação mãe será muito mais complicada, esta é forma de manter o organismo vivo e saudável.

Finalizando a necessidade é a mãe de todas as invenções, e desta vez a necessidade é se manter vivos até que curas surjam tanto para superar a Covid 19 quanto para que os negócios se remodelem.

 

_
por Marcos Antonio Vargas Pereira, TérmicaBrasil

O que procura?

Seja um membro